fbpx
Foto: Cinthia Oliveira
Foto: Cinthia Oliveira

Filarmônica de Goiás recebe prêmio de melhor CD de música clássica do ano

Álbum com sinfonias de Claudio Santoro recebeu 45% dos votos do Prêmio Concerto. CD faz parte do projeto Brasil em Concerto

A Orquestra Filarmônica de Goiás (OFG) teve um ano glorioso. Aclamada pelo público, pela crítica, imprensa nacional e internacional, agora é coroada com o Prêmio Concerto, de grande relevância para a música de concerto no Brasil. O CD gravado pela Naxos, que contém as Sinfonias nº 5 e nº 7 de Claudio Santoro, sob a regência de Neil Thomson, ganhou 1.135 votos do público e é o vencedor do Prêmio Concerto 2022 CD/DVD/Livros. O resultado foi publicado no site concerto.com.br.

O álbum foi lançado em março deste ano e faz parte do projeto Brasil em Concerto, fruto de uma parceria entre o Ministério das Relações Exteriores e o Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Desenvolvimento e Inovação (Sedi), que firmou termo de cooperação técnica com o ministério, cedendo os direitos de gravação da OFG. 

Além deste álbum, a OFG tem outros dois trabalhos deste projeto disponíveis em plataformas digitais de música: o álbum Santoro: Symphonies nº 11,12 & Other Orchestral Works, também pela gravadora Naxos. 

Para o secretário de Desenvolvimento e Inovação, Marcio Cesar Pereira, o prêmio é mais um resultado positivo do trabalho de incentivo à cultura que vem sendo desenvolvido em Goiás. “É um orgulho ver a Orquestra Filarmônica de Goiás conquistando prêmios, formando plateias e projetando internacionalmente a música orquestral de Goiás e do Brasil”, ressalta. 

O maestro destaca os avanços conquistados em 2022. A Filarmônica passou a ter uma estrutura estável e solidária dentro da gestão do Centro de Educação, Trabalho e Tecnologia (Cett) da Universidade Federal de Goiás (UFG) em convênio firmado com a Secretaria de Desenvolvimento e Inovação (Sedi). “Estou muito entusiasmado com o próximo ano e com o futuro. Nosso público é tão maravilhoso que quero dar a eles o que há de melhor em termos de artistas e repertório. Eles e Goiás merecem isso”, finaliza Neil Thomson. 

CD Claudio Santoro

Em 2019, o meio musical brasileiro celebrou o centenário do compositor Claudio Santoro (1919-1989). Não por acaso, naquele ano o maestro britânico Neil Thomson e a Filarmônica de Goiás embarcaram em um projeto ambicioso: gravar a integral sinfônica do autor para o selo Música do Brasil, da gravadora Naxos. Começaram pelas Sinfonias nº 5 e nº 7, que focam a década de 1950, período em que Santoro buscava uma linguagem mais direta e comunicativa com elementos brasileiros.

SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO
CNPJ: 21.652.711/0001-10